FILIADO Á
NOTÍCIAS
Terça-feira, 03 de Março de 2020, 13h:14

DEPUTADO FEDERAL

Oficial de Justiça assume vaga na Câmara Federal; Sindojus parabeniza

Assessoria Sindojus/MT

Arquivo Pessoal

O oficial de Justiça, Ricardo Silva (PSB/SP) assumiu a vaga de deputado federal em 17 de fevereiro na Câmara Federal, após o pedido de afastamento de Luiz Flávio Gomes, que luta contra um câncer.

Ricardo Silva é Oficial de Justiça de carreira do TJSP e filho do deputado estadual Rafael Silva. Ele foi vereador pelo PDT na cidade de Ribeirão Preto de 2013 a 2016.

Para o novo deputado federal, é uma honra representar os Oficiais de Justiça na Câmara dos Deputados. “Sou Oficial de Justiça de carreira e atuo ativamente na Seção Administrativa de Distribuição de Mandados em Ribeirão Preto. Como deputado federal, vamos levantar todas as bandeiras que dizem respeito a nossa categoria no Congresso Nacional”, disse em entrevista à Fenassojaf.

Ricardo Silva informou que realiza contato com as entidades que representam os Oficiais de Justiça e “nosso gabinete está aberto na Câmara Federal para receber todas as demandas e para levar esses pedidos da categoria dos Oficiais às comissões do Legislativo para fazer requerimentos, ou seja, para atuar de forma completa na proteção dessa categoria que é tão importante à sociedade brasileira”, completou.

Segundo o parlamentar, o cargo de Oficial de Justiça deveria ser uma carreira de Estado “e essa é uma das lutas que iremos travar também junto ao Legislativo”, finalizou.

O presidente do Sindicato dos Oficias de Justiça e Avaliadores de Mato Grosso (Sindojus/MT), Jaime Osmar Rodrigues, parabeniza a conquista desse oficial porque sabe que ele pode contribuir com a categoria em nível nacional.

Segundo Jaime, é de extrema importância ter representantes que conhecem a luta dos oficiais.

Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.