FILIADO Á
NOTÍCIAS
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2019, 21h:50

Novo Diretor

Diretoria do Sindojus/MT se reúne com novo diretor-geral do Fórum de Cuiabá

Edina Araújo/Sindojus/MT

Edina Araújo

Bertolussi

 

A diretoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Mato Grosso (Sindojus/MT), se reuniu na tarde dessa segunda-feira (14.01), com o novo diretor do Fórum de Cuiabá, juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior.

O presidente do Sindojus/MT, Jaime Osmar Rodrigues, apresentou algumas demandas da categoria ao magistrado, falou sobre a dificuldade dos oficiais de Justiça cumprirem os mandados sem receber a Verba Indenizatória referente ao mês de janeiro e também sobre os mandados da Fazenda Pública. Bertolussi disse que às portas de seu gabinete estarão sempre abertas para a diretoria do Sindojus, destacou a importância dos oficiais para à Justiça, e lembrou que tem limitações, mas, na medida do possível prometeu defender os oficiais de Justiça perante à Presidência do Tribunal de Justiça quando houver necessidade.

Bortolussi pediu ao presidente do Sindicato para que apresente as demandas por escrito – de forma simplificada e sem burocracia, que vai tomar as medidas cabíveis nas demandas mais urgentes e que forem de sua competência.

O novo diretor disse que é um grande desafio, tem consciência que é uma missão árdua, mas promete trabalhar e implementar ações que facilite o trabalho de todos os servidores - e das pessoas que precisam do atendimento e serviços do Fórum de Cuiabá.

Jaime agradeceu a receptividade, colocou o Sindojus/MT a disposição, lembrando que os interesses da categoria estarão sempre em primeiro lugar.

Estiveram presentes na reunião, além de Jaime, o vice-presidente, Luiz Arthur de Souza e o primeiro-secretário, Paulo Sérgio de Souza e a gestora de pessoas do Fórum.

Galeria de fotos:

Edina Araújo -

Edina Araújo -

Edina Araújo -
Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO