O Fórum Trabalhista de Várzea Grande já conta com uma unidade de Central de Mandados. Com isso, as notificações e penhoras determinados pelos magistrados que atuam em uma das três varas do município serão cumpridos diretamente por oficiais de justiça lotados na unidade, e não mais via central de Cuiabá, que funciona no prédio do TRT.
A implantação da central no município vizinho à Capital deve agilizar e melhorar a dinâmica dos trabalhos, uma vez que os servidores passam a atuar mais próximos aos juízes e mesmo à direção das varas do trabalho, que emitem as notificações e penhoras.
A medida também permite a viabilidade do Provimento 06/2017, da Corregedoria do TRT mato-grossense, que deve ser publicado ainda nesta semana. O documento regulamenta a distribuição de mandados de intimação, notificação e citação entre as varas do trabalho no estado sem a necessidade de expedição de carta precatória no sistema PJe, agilizando os trabalho e evitando excesso de expedientes.

Assessoria TRT