A diretoria do Sindojus/MT, lamenta informar a morte do oficial de Justiça de São Paulo, João Rodrigues de Souza Junior, que faleceu na madrugada desta sexta-feira (24.03), aos 56 anos, vítima de enfarto. João Rodrigues é filho da primeira Oficial de Justiça  do Brasil, quando à época, mulher não podia ocupar o cargo.

Ele era diretor de Relações Sindicais do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de São Paulo (Sindojus/SP) e diretor Federação Nacional de Oficiais de Justiça (Fenojus). Ano passado, Rodrigues participou de um encontro da entidade em Cuiabá.

Segundo o filho de João Rodrigues, ele será sepultado amanhã às 9 horas, no Cemitério Municipal Campo Grande, na avenida Nossa Senhora de Sabará, 371, São Paulo.

Conforme o filho dele, o oficial de Justiça disse que o pai sentiu mal estar  no peito ainda durante o trabalho e foi levado para o Hospital e lá teve um enfarto fulminante.


“Este é um momento muito triste, pois convivemos com ele lutando em favor da categoria. Sentimos muito a perda deste colega e rogamos a Deus por ele e pela família que deve estar sentido dor profunda pela morte de João Rodrigues”, disse o diretor Financeiro do Sindojus/MT, em nome da diretoria.



Fonte: Assessoria Sindojus/MT
Foto: Sindojus/MT