A diretoria do Sindicato dos Oficiais de Justiça e Avaliadores de Mato Grosso (Sindojus/MT) se reuniu nessa quinta-feira (09.02), com o presidente do Poder Judiciário do Estado, desembargador Rui Ramos para tratar de diversos assuntos, entre eles, a tabela de elevação do nível superior; o ponto dos oficiais de Justiça, aumento da Vipae e o pagamento dos 25% da URV. Este último assunto, o desembargador garantiu que pagaria nesta sexta-feira (10.02) a URV de todos os servidores do Judiciário de Mato Grosso.

Conforme o presidente Rui Ramos, os 25% restante, será realizado até o final de abril, e a meta é pagar todos os passivos que os servidores têm direito.

Rui Ramos informou que já está sob análise de sua assessoria jurídica a tabela de elevação de nível superior e um estudo será determinado aos departamentos competentes.

Quanto à obrigatoriedade dos oficiais de Justiça em bater ponto, o Sindicato requereu e já está em estudo para que a categoria bata o ponto duas vezes na semana. O presidente irá verificar o andamento e vai determinar via ofício que a regra se estenda a todas as Comarcas de Mato Grosso.

O rateio dos valores que os oficiais têm na 'chamada conta de depósito' das diligências pagas, também esteve em pauta. A diretoria pediu que Rui Ramos determine para que os diretores dos Fóruns das Comarcas que ainda não o fizeram, que o façam.

Em relação à VIPAE, um estudo também está analisando o impacto e a possibilidade de aumentar a verba.

Assessoria Sindojus/MT
Foto: Sindojus/MT