O pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) das tabelas de subsídio dos servidores do Poder Judiciário do Estado, para o exercício de 2016, deve ser efetuado em folha suplementar na próxima semana. A informação é o assessor jurídico sênior da Presidência do TJMT, Fabiano Cotta de Mello, durante entrega carta de agradecimento ao presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Paulo da Cunha, nessa sexta-feira (03.06).

Segundo ele, a única pendência é a publicação da lei no Diário Oficial para efetuar o pagamento. O governador Pedro Taques tem 48 horas, a contar do dia 2 de junho, para a publicação.

A recomposição será de 11,28% e seus efeitos serão a partir de 1º de maio, data base da revisão anual. Essa é uma restituição do poder de compra dos funcionários públicos prejudicada pela inflação. A recomposição se dá com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Mato Grosso (Sindojus/MT), Eder Gomes, agradeceu em nome da categoria o empenho do presidente do TJ/MT.

 
Paulo da Cunha agradeceu a demonstração gratidão pelos servidores e disse que fica mais motivado para seguir em frente. “Estamos atravessando uma situação de crise, mas o que pudermos fazer pela melhoria dos servidores nós vamos fazer”, garantiu.


Fonte: Assessoria Sindojus
Foto: Sindojus