A iniciativa, idealizada por Mazloum, busca auxiliar os alunos a cumprir as horas de estágio exigidas pelas instituições de ensino. Para o juiz, o projeto vai promover uma transformação no conceito do ensino jurídico brasileiro, porque as audiências serão levadas ao ambiente universitário. “A ideia surgiu pelo entrecruzamento de experiências como juiz e professor”, diz.

O reitor da FIG-Unimesp, primeira instituição de ensino a aderir ao projeto, Antonio Darci Pannocchia, afirma que a iniciativa ajudará muitos estudantes, permitindo que um número maior de pessoas possa estagiar. Ele classifica como "feliz e pioneira" a iniciativa "em face da importância prática que necessitam os futuros operadores do direito que, nem sempre, conseguem se fazer presentes fisicamente nas exigidas audiências para obtenção de créditos".

Para facilitar a organização de agenda dos interessados, o juiz irá disponibilizar o calendário semestral de audiências. “Vou pautar agora as audiências de setembro até dezembro”, conta Mazloum. Ele cita também que a plataforma inaugurada nesta quinta também terá um espaço para que as instituições se cadastrem a participem do projeto.

Depois das audiências, o juiz federal, conhecido por ter implantado o “processo cidadão” na 7ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo, participa de um bate-papo virtual com os alunos que tirar dúvidas sobre o que acabaram de assistir.

Ali Mazloum explica que as audiências divulgadas por meio da plataforma digital são públicas, mas que a gravação por terceiros é proibida, exceto nos casos em que a instituição de ensino solicitar a possibilidade formalmente. Ele conta que, até o momento, cerca de mil alunos — entre alunos da USP, da Unesp e da FMU — já se cadastraram para assistir às audiências.

Nessa quarta-feira (2/9) ocorreu o evento-teste, onde foi filmada uma audiência envolvendo corrupção passiva. No caso, alguns agentes da Guarda Civil Metropolitana são acusados de desviar armas obtidas por meio da campanha do desarmamento e vendê-las.

Como participar

O aluno que deseja participar deve acessar o Blog Federal, efetuar o cadastro e se atentar à data estipulada para a audiência. Após a transmissão, os estudantes que permaneceram conectados à plataforma receberão um certificado de presença para apresentar à universidade junto com o relatório sobre o evento.

Fonte: Conjur
Foto: Reprodução