O II Enojus reuniu em Palmas, em Tocantins, oficiais de justiça de 10 Estados brasileiros, entre eles, de Mato Grosso, representado pelo presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores do Estado de Mato Grosso (Sindojus/MT), Eder Gomes e pelo vice-presidente, Luiz Arthur.

O evento é promovido pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça do Tocantins (Sojusto), com apoio da Federação Nacional dos Oficiais de Justiça do Brasil (Fenojus) e do Tribunal de Justiça do Tocantins. No encontro serão discutidos temas como o nascimento e crescimento do Poder Judiciário de Tocantins, processo eletrônico, cumprimento de mandados de alta complexidade, resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), processos de execução fiscal, curso de tiro para quem desejar.

A presidente do TJ/TO, desembargadora Ângela Prudente, prestigiou a solenidade de abertura e falou sobre “As Conquistas e Desafios do Poder Judiciário Tocantinense e Nacional”. A magistrada falou ainda das mudanças frente à modernização tecnológica e administrativa do mundo atual. 

"Como reflexo de tantas mudanças, desde 2013 à frente da administração do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, desenvolvemos ações voltadas para os novos tempos: Estamos realizando uma Gestão participativa e interiorizada, priorizando o primeiro grau em busca pela excelência", destacou Ângela Prudente.

Já o presidente da Fenojus, João Batista Fernandes de Souza, também incentivou a união da categoria nacionalmente, por meio da participação de eventos como o Enojus. "O Poder Judiciário somos todos nós, da copeira ao oficial de justiça, que é aquele que materializa a decisão da Justiça. Para garantirmos nossa valorização, precisamos nos organizar em sindicatos e nos unirmos em prol de melhorias para a classe. E aqui no Enojus estamos muito bem representados com profissionais de 10 Estados da Federação", enfatizou Souza.

O presidente do Sindojus/MT, Eder Gomes, disse que encontro como este é salutar pela troca de experiências. "Nestes encontros, temos a possibilidade de conhecer colegas de outros Estados, trocar experiências, e saber quais as lutas e conquistas da categoria em cada região do país. É um termômetro para sabermos se estamos no caminho correto".

O encontro começou na última quinta-feira (11.09) e terminou neste sábado (13.09).

Fonte: Assessoria Sindojus/MT
Foto: Arquivo Pessoal